ASSOCIAÇÃO
 BRASILEIRA DE FRESCOBOL
 
 
 

Textos


TEXTO ESCRITO POR ALCIR HORÁCIO


Jogador de frescobol Federer ou jogador de frescobol Nadal: qual jogador você é?      

Por Alcir Horácio da Silva

Tendo como base de inspiração o texto “tênis x frescobol: tipos de casamentos”  de Ruben Alves e  na expectativa de assistir a final do Grand Slam, entre Roger Federer e Rafael Nadal, resolvi escrever algumas linhas num texto que tem como objetivo indagar para os “loucos por frescobol” como eu, a seguinte questão: o estilo que você joga é mais parecido com Federer ou Nadal?

Esclareço de antemão que não vou fazer análises profundas nem dos jogadores, nem do tênis, pois meu objetivo neste texto é provocar, subliminarmente, os “egos” dos jogadores de frescobol, jogadores esses que têm se arvorado, cada vez mais, a se intitularem como os melhores jogadores de frescobol do mundo e, quando não se intitulam, são os seus admiradores que o fazem, extravazando suas impressões, opiniões e sentimentos nas  redes sociais, como o Facebook, que tem sido o palco de manifestações pouco cordiais e não amistosas, características contraditórias dos objetivos centrais do esporte que são o respeito, a amistosidade, a união, entre outras.

 Portanto, tentarei cumprir com meu desiderato levando em consideração apenas algumas reduzidas impressões que tenho dos jogadores Federer e Nadal, bem como alguns parcos conhecimentos que tenho do esporte/jogo tênis.

É importante destacar que o esporte/jogo é uma manifestação da cultura corporal historicamente construída pelo homem e está submetida ao modo de produção do sistema que vivemos: o capitalismo. A maioria de nós tem contato com o esporte  a partir da escola ou clube e, desde muito cedo, aprendemos a raciocinar pela lógica formal, onde não há lugar para a dialeticidade. Ou seja, nos ensinam para dicotomizar tudo e sermos maniqueístas, pois aqueles que não aderem às nossas ideias e não pensam como nós são nossos “inimigos”. E é neste contexto que escrevo este texto para provocá-los. Espero conseguir cumprir com meu objetivo!

Todos sabem que Roger Federer é suíço e Rafael Nadal é espanhol! Os dois pertencem ao continente europeu! Todavia, levando somente em consideração o clima, já apresentam diferenças. Na Suíça o clima é moderado, sem calor, frio! Na Espanha, o clima é variado e diversificado, tendo estações quentes e frias dependendo da localização das cidades e suas proximidades com o mar e as montanhas.

Qualquer semelhança com as características climáticas dos países e com o comportamento desses jogadores em quadra, seria apenas mera semelhança? Acredito que não! Federer é frio, é moderado em suas emoções, além de ter uma elegância que é característica da nobreza europeia! Sua técnica, sua inteligência, seus cálculos, e fundamentalmente sua frieza,  são características que apaixonam seus fãs mundo afora.   Nadal é “caliente”, variado,  diversificado,  e frio como um “iceberg” quando necessita de tal característica para derrotar seu oponente. É intempestivo, visceral, arrojado, vibrante e, fundamentalmente forte, não escondendo suas emoções em cada lance.   Hipotetizo:  é possível que por causa  disso, ele seja melhor no saibro do que na grama!

Tomando por base essas características, onde de um lado há a plasticidade e  do outro a força, podemos considerar que há jogadores de frescobol do estilo Federer: são jogadores “frios”, ficam mais “parados/fixos”, mais “robóticos” e são mais pragmáticos na execução de seus movimentos e do jogo como um todo, com muita elegância! Há também jogadores do estilo Nadal: mais “elétricos”, mais “explosivos”, mais “inquietos”, e que usam de muita força nos seus movimentos, principalmente de ataque!

Tenho a percepção, com relação aos jogadores de tênis Federer e Nadal, que o primeiro é um jogador de muita plástica, beleza, técnica aliada com a sua frieza, que possui movimentos muito treinados e usa sua inteligência, para impor seu padrão de jogo e, o segundo, é um jogador vibrante, também de muita técnica aliada com a sua  força, raça  e sua emoção, também para impor seu padrão de jogo aos adversários!

Enfatizo novamente que as características que dei aos jogadores são minhas percepções muito limitadas! O leitor poderá citar outras características, concordar ou discordar.  Todavia, elas ensejam a seguinte provocação: qual o estilo de jogador de frescobol você tem: Federer ou Nadal?

Não se esqueçam de que fomos durante muito tempo na nossa vida a pensar sob a égide da lógica formal! Portanto, esqueçam agora a dialética, ou seja, não me venham com respostas que traduzam os dois estilos misturados! Saiam do muro e digam qual é o estilo de jogador que você tem: Federer ou Nadal?

Há braços! E enquanto houver braços, eu continuarei jogando meu frescobol estilo Nadal, admirando muito Federer! Se é que vocês me entendem...