Regras Duplas




ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRESCOBOL (ABRAF)

Esporte Arte

Rua Moncorvo Filho, 35, 505, Centro, Rio de Janeiro, RJ, CEP 20.211-340 - CNPJ 16.856.496/0001-30

                                                     Telefones: 21 4108-9542 / 21 98172-9142

 

“Esporte declarado Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial da Cidade do Rio de Janeiro”

 

1945-2016 Comemoração 71 anos de frescobol

 

REGRAS BÁSICAS DE AVALIAÇÃO

 

EXTRATO DO MANUAL DE REGRAS DA ABRAF

 

M O D A L I D A D E    DUPLA

 

 

QUESITOS A SEREM AVALIADOS:

 

 

REGRA 1

ATAQUE

A definição de ATAQUE está mencionada abaixo, mas para fins de avaliação adotaremos a seguinte nomenclatura relacionada ao quesito ataque:

 

a. ATAQUE PREFERENCIAL (são os ataques realizados no lado dominante do atleta ou o lado em que ele segura a raquete).

 

b. ATAQUE NÃO PREFERENCIAL ou REVÉS ou ainda DESTREZA REVÉS (são os ataques realizados no lado NÃO dominante do atleta; o lado CONTRÁRIO em que ele segura a raquete e para fins de avaliação é considerado uma DESTREZA ou HABILIDADE desenvolvida pelo atleta).

 

c. ATAQUE ALTO ou DESTREZA ALTA (são os golpes especiais de ataques realizados por sobre o corpo do atleta, acima da altura do ombro ou da cabeça e para fins de avaliação é considerado uma DESTREZA ou HABILIDADE desenvolvida pelo atleta).

 

REGRA 2

SEQUÊNCIA

 

REGRA 3

EQUILÍBRIO

 

REGRA 4

INTENSIDADE


REGRA 1

ATAQUE

          O ataque é a ação enérgica realizada pelos jogadores ou equipes com a finalidade de golpear a bola, com a maior eficiência possível na intenção de cumprir uma das tarefas básicas do frescobol. Um ataque é caracterizado quando, durante a apresentação, o atleta aumenta a velocidade da bola que foi passada pelo seu parceiro. A bola tem que sair da raquete com mais força do que quando foi recebida através de um passe, defesa, salvamento, ataque ou qualquer outro movimento que possa ser realizado a fim de possibilitar um bom jogo.


Observações importantes:

Os atletas deverão buscar a todo o tempo atacar;

O ataque é o principal quesito para dar a nota final da equipe;

O atleta poderá preparar a bola para que seu parceiro realize os ataques preferenciais (aquele realizado no lado dominante do atleta, o lado em que ele segura a raquete), como os ataques não preferenciais, revés, ou destreza revés (aquele realizado no lado não dominante, lado contrário ao que segura a raquete) e também os ataques altos ou destreza alta (aquele realizado sobre o corpo do atleta). Ataque alto ou destreza alta são os golpes especiais que os atletas produzem ao receberem a bola em uma área que pressupões habilidade para realizar o ataque e não somente devolver a bola (dentre esses golpes especiais podemos citar aqueles já internalizados na cultura do frescobol, tais como: gancho, martelo, martelo invertido, smash, chicote alto, colher alta etc., porém qualquer outro movimento que o atleta faça nesse quadrante do jogo (desde que caracterize um ataque) também será objeto de planilha e receberá a respectiva pontuação especial), ao mesmo tempo não se deve confundir a destreza ou habilidade alta com aquela bola que chega à lateral preferencial do atleta, ainda que esteja alta, como uma jogada especial do esporte. A preparação de bola para realização de golpes de ataques evidencia a habilidade do defensor, bem como suas defesas de qualidade, dessa forma são premiados os bons defensores, o conjunto da equipe e o jogo como um todo;

Quanto mais atacarem as equipes, maior será a nota sem que haja uma pontuação limite;

Os ataques não preferenciais, reveses ou destreza revés, assim como os ataques altos ou destreza alta receberão pontuação diferenciada dado que são bem mais difíceis de executar;


Os ataques serão definidos com a pontuação abaixo:

1. Ataque preferencial = 1 ponto;

2. Ataque não preferencial, revés ou destreza revés = 3 pontos. Limitado a 12 ataques por atleta. Os ataques que ultrapassarem os 12 previstos serão anotados na planilha como mais um ataque com valor de 1 ponto.

3. Ataque alto ou destreza alta = 2 pontos. Limitado a 7 ataques por atleta. Os ataques que ultrapassarem os 7 previstos serão anotados na planilha como mais um ataque com valor de 1 ponto.

 

OBS.:

1. Todo e qualquer ataque preferencial, não interessando como seja posicionada a raquete ou o tipo de golpe aplicado, vale 1 ponto, o mesmo vale para os ataques não preferenciais, reveses ou destreza revés com valor de 3 pontos até o limite de 12, assim como os ataques altos ou destreza alta, com o valor de 2 pontos até o limite de 7.

2. É importante ressaltar também, para o conhecimento de todos, que os ataques reveses e ataques altos funcionam como destrezas, mas são computados naturalmente na soma dos ataques das equipes, isto é, do total de ataques realizados pelos atletas ou equipes os mesmos recebem a pontuação especial de destreza e ao mesmo tempo esse ataque será anotado no total realizado pela dupla, trinca etc.

 

REGRA 2

SEQUÊNCIA

          Período de tempo que representa a quantidade de bolas trocadas, atacadas ou defendidas pelos atletas enquanto não houver uma interrupção. A sequência é uma das premissas básicas do frescobol, para dar um bom jogo é essencial manter a bola no ar, quanto maior o número de bolinhas que vai ao chão, menor a nota e pior a apresentação.


As equipes jogarão 5 minutos de bola viva, isto é, cada vez que a bola vai ao chão o cronômetro é parado, com a tabela de sequências abaixo:







TABELA SEQUÊNCIAS

Até 4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

90

83

83

76

76

69

69

62

62

55

55

 

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

46

46

37

37

28

28

19

19

10

10

5


26

27

28

29

30

31

32

33

34

A partir 35

5

4

4

3

3

2

2

1

1

0



OBS.: a intenção aqui é deixar os atletas jogando livremente até um determinado número de bolas e que façam um jogo o mais livre, a fim de buscar o máximo de ataques com a maior força (ou potência) possível, ainda que a mesma não esteja sendo avaliada em nota será fundamental para que se alcance o maior número de ataques, somente com mais força nos golpes (mais potência) os atletas aumentarão a quantidade de ataques.

 

REGRA 3

EQUILÍBRIO

          Na apresentação de frescobol é mais do que importante que ambos os atletas saibam atacar e também defender. Um competidor no esporte frescobol, para que seja visto como um jogador de nível, bem qualificado, necessariamente precisa saber tanto atacar como defender. Por essa razão a importância dessa nota, a fim de que levemos os atletas a uma maior qualificação nos principais requisitos de um bom jogo; também é importante que se entenda que para que haja um ataque é preciso haver a respectiva defesa e vice-versa. A nota de equilíbrio tem a finalidade de fazer com que ambos os atletas ataquem e defendam (assim não teremos atletas limitados).


A nota de equilíbrio estará relacionada à diferença de ataques entre os atletas da equipe e é dada pela seguinte fórmula:


EQUILÍBRIO (Diferença entre os ataques dos atletas). Cálculo da nota:

MENOR ATAQUE ÷ MAIOR ATAQUE x TOTAL ATAQUES EQUIPE (÷ 4,1) = NE

Exemplo: 145 ÷ 145 = 1 x 290 = 290 ÷ 4,1 (é o fator de divisão) = ≅ 70 pontos


REGRA 4

INTENSIDADE

          A intensidade se define pela qualidade daquilo que é intenso. No frescobol a intensidade do jogo é a aferição do quão veloz e forte foi a apresentação da equipe, ou melhor, quão intenso foi o jogo. Essa nota se refere ao maior número de ataques realizados pela equipe durante os 300 segundos de apresentação, quanto mais rápido a bola ir de um jogador ao outro maior será a quantidade de ataques e naturalmente mais intenso terá sido o jogo (ficando os atletas cientes de que a partir da distância mínima que é de 8 (oito) metros  (zona limite) poderão jogar à distância que melhor se adequarem, sabedores então que tal atitude poderá implicar na questão final de intensidade produzida pela equipe durante a sua apresentação), os atletas deverão trabalhar um conjunto importantíssimo neste quesito, ou seja, a combinação da velocidade com a força (potência), golpes de ataques fortes, potentes e defesa “chutada” com a bola seguindo uma trajetória mais reta possível dará a tônica de intensidade do jogo. A nota de intensidade será obtida a partir da quantidade total de ataques da equipe que estará prevista na tabela de intensidade definida pela Associação, conforme abaixo mencionado:

          Ao atingir um determinado número de ataques a equipe receberá pontos, conforme tabela abaixo (esse conceito tem a finalidade de levar os atletas a usarem de potência nos golpes, quanto maior a força e velocidade no jogo, mais se aumenta o número de ataques e é essa a intenção da Associação; um jogo forte, de poucas sequências, muita velocidade e grande número de ataques):


OBSERVAÇÃO:

A intenção é premiar a intensidade do jogo e não a força, potência, intensidade de um atleta em particular (sabemos que não necessariamente em um jogo de quantidade menor de ataques eles foram realizados com menor força), assim neste conceito estarão contemplados os ataques (quanto mais fortes e rápidos melhor), as defesas (quanto mais “chutadas” e retas melhor) e naturalmente a valorização das sequências, pois toda vez que o jogo é reiniciado a intensidade do mesmo recomeça de forma baixa.


Tabela de intensidade:

NR

FAIXA DE ATAQUES

PONTOS

1.        

150 A 155

1

2.        

156 A 160

2

3.        

161 A 165

3

4.        

166 A 170

4

5.        

171 A 175

5

6.        

176 A 180

6

7.        

181 A 185

7

8.        

186 A 190

8

9.        

191 A 195

9

10.     

196 A 200

10

11.     

201 A 205

12

12.     

206 A 210

14

13.     

211 A 215

16

14.     

216 A 220

18

15.     

221 A 225

20

16.     

226 A 230

22

17.     

231 A 235

25

18.     

236 A 240

30

19.     

241 A 245

35

20.     

246 A 250

40

21.     

251 A 255

45

22.     

256 A 260

50

23.     

261 A 265

55

24.     

266 A 270

60

25.     

271 A 275

65

26.     

276 A 280

67

27.     

281 A 285

69

28.     

285 A 290

70

 

PONTUAÇÃO ESTIMADA PARA ESTA REGRA = 620 pontos.

 

ATAQUES + SEQUÊNCIA + EQUILÍBRIO + INTENSIDADE

290 pontos de ataque por equipe (= 46,77%);

72 pontos por equipe de ataque revés ou destreza revés (= 11,62%);

28 pontos por equipe de ataque alto ou destreza alta (= 4,51%);

90 pontos por equipe de sequência (= 14,50%);

70 pontos por equipe de equilíbrio (= 11,30%);

70 pontos por equipe de intensidade (= 11,30%).

 

Bons jogos a todos!

Associação Brasileira de Frescobol

Esporte Arte