ASSOCIAÇÃO
 BRASILEIRA DE FRESCOBOL
 
 
 

Etapa Flamengo

I TORNEIO-ENCONTRO DE TRINCAS

I TORNEIO-ENCONTRO DE TRINCAS

 

21 de janeiro de 2013 

 

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRESCOBOL (ABRAF)

(www.frescobol-abraf.com.br)

 

I TORNEIO-ENCONTRO DE TRINCAS

 

RESULTADO FINAL

 

1) CATEGORIA TRINCA MISTA:

Class

Pontos

CATEGORIA TRINCA MISTA

71,5880

SÍLVIA, CACAU E NILTON

60,4152

TÂNIA, PILAR E MAURÍCIO

58,8151

IRA, LAURO E MARCELO COBUCCI

52,5642

KITY, ADÃO E MARCELO DREUX

49,3811

VAL, CIDA E ANTONIO

47,9187

JANE, MARCELO E MAURÍCIO

 

2) CATEGORIA TRINCA MASCULINA:

Class

Pontos

CATEGORIA TRINCA MASCULINA

74,8522

CACAU, NILTON E MÁRCIO SP

70,4295

MARCELO SALVINI, MAURÍCIO E WELLINGTON SP

61,6711

LUIZ NEGÃO, EMERSON E MAURÍCIO

58,1361

MARCELO DREUX, PAULINHO E MARCELO COBUCCI

57,4210

SIDNEI, RIGNEI E BETO ITACURUÇÁ

56,2438

ROBERTO, JAYME E CESINHA

53,4053

EDSON ILHA, CLAUDINHO E JEFFERSON

50,4151

ANTONIO, FABIANO E ADEMIR

26,5788

JOÃO LÚCIO, MARCELO ILHA E EDUARDO

 

REALIZAÇÃO:

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRESCOBOL (ABRAF)

FEDERAÇÃO DE FRESCOBOL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (FEFERJ)

ASSOCIAÇÃO MACAENSE DE FRESCOBOL (AMAFRE)

 

APOIO:

PREFEITURA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

INSTITUTO PEREIRA PASSOS

 

PATROCÍNIO:

LOJAS TE PEGUEI

FASTBALL RAQUETES

 

 

19 de janeiro de 2013

 

I TORNEIO-ENCONTRO DE TRINCAS ABRAF

INFORMAÇÃO SOBRE A CLASSIFICAÇÃO DAS EQUIPES.

1) TRINCA MISTA

1) TÂNIA, PILAR E MAURÍCIO

2) JANE, MARCELO SALVINI E MAURÍCIO

3) SÍLVIA, CACAU E NILTON

4) IRA, LAURO E MARCELO COBUCCI

5) VAL, CIDA E ANTONIO

6) KITY, ADÃO E MARCELO DREUX

7) ELIANE, LUIZ NEGÃO E EMERSON

8) ALICE, JOÃO LÚCIO E MARCELO ILHA

9) ADRIANA, INÁCIO E SIDNEI

10) CAMILA, GUILHERME ES E JEFFERSON

11) BAIANA, KIKA E EDUARDO

 

OBS: ESTÃO CLASSIFICADAS AS 6 PRIMEIRAS EQUIPES PARA AS FINAIS.

 

2) TRINCA MASCULINA

1) CACAU, NILTON E MÁRCIO SP
2) MARCELO SALVINI, MAURÍCIO E WELLINGTON SP
3) ROBERTO, JAYME E CESINHA
4) MARCELO DREUX, PAULINHO E MARCELO COBUCCI
5) EDSON ILHA, CLAUDINHO E CLAUDINHO RECREIO
6) LUIZ NEGÃO, EMERSON E MAURÍCIO
7) SIDNEI, RIGNEI E BETO ITACURUÇÁ
8) JOÃO LÚCIO, MARCELO ILHA E PARCEIRO
9) ANTONIO, FABIANO E ADEMIR


OBS: ESTÃO CLASSIFICADAS 9 EQUIPES PARA AS FINAIS.

BONS JOGOS A TODOS
ABRAF – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRESCOBOL

 

 

18 de janeiro de 2013

 

PREVISÃO DOS HORÁRIOS DOS JOGOS I TORNEIO-ENCONTRO DE TRINCAS ABRAF

 

1) TRINCA MISTA

 

Hora

Nr Ord

MISTA

09:00

1

ALICE, JOÃO LÚCIO E MARCELO ILHA

09:20

2

SÍLVIA, CACAU E NILTON

09:40

3

KITY, ADÃO E MARCELO DREUX

10:00

4

IRA, LAURO E MARCELO COBUCCI

10:20

5

ELIANE, LUIZ NEGÃO E EMERSON

10:40

6

VAL, CIDA E ANTONIO

11:00

7

ADRIANA, INÁCIO E SIDNEI

11:20

8

TÂNIA, PILAR E MAURÍCIO

11:40

9

JANE, MARCELO SALVINI E MAURÍCIO

12:00

10

BAIANA, KIKA E EDUARDO

12:20

11

CAMILA, GUILHERME ES E JEFFERSON

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

12:20

12:50

ALMOÇO

 

2) TRINCA MASCULINA

 

Hora

Nr Ord

MASCULINA

13:00

1

MARCELO DREUX, PAULINHO E MARCELO COBUCCI

13:20

2

RONALDO, FEU E BETO

13:40

3

SIDNEI, RIGNEI E BETO ITACURUÇÁ

14:00

4

EDSON ILHA, CLAUDINHO E CLAUDINHO RECREIO

14:20

5

ROBERTO, JAYME E CESINHA

14:40

6

MARCELO SALVINI, MAURÍCIO E WELLINGTON SP

15:00

7

ANTONIO, FABIANO E ADEMIR

15:20

8

JOÃO LÚCIO, MARCELO ILHA E PARCEIRO

15:40

9

MAURÍCIO, SÉRGIO E VIOLA

16:00

10

MÁRCIO ILHA, ERICK E PARCEIRO

16:20

11

LUIZ NEGÃO, EMERSON E EDSON NITERÓI

16:40

12

CACAU, NILTON E MÁRCIO SP

17:00

13

TACYANNO E EQUIPE ES

17:20

14

EDUARDO, KONÉ E PARCEIRO

 

 

CAMISETA OFICIAL DO I TORNEIO-ENCONTROS DE TRINCAS ABRAF

 

                                      

 

 

 

 

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRESCOBOL
(ABRAF)
I TORNEIO-ENCONTRO DE TRINCAS
Amigos do Frescobol,
A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRESCOBOL (ABRAF), com o apoio da Federação de Frescobol do Estado do Rio de Janeiro (FEFERJ), Associação Macaense de Frescobol (AMAFRE) e a participação da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, através do Instituto Pereira Passos, convida para o 1º Torneio-Encontro de Trincas ABRAF, evento a ser realizado nos dias 19 e 20 de janeiro de 2013, na Praia do Flamengo-RJ. Aos atletas queremos ressaltar que é com imenso prazer que anunciamos este primeiro evento. A ABRAF mantém um compromisso com todos os participantes de uma jornada agradável com muito frescobol, alegria e responsabilidade no evento. É momento então de aproveitarmos para rever os amigos, os antigos companheiros de jogos, congraçar e difundir o esporte. Contamos com a participação de TODOS os amantes do Esporte Frescobol, lembrando a importância desse entrosamento. A essência se mantém a mesma de todos esses 66 anos de frescobol: PARCERIA! Bons jogos a todos e uma palavra aos atletas: “VOCÊS SÃO AS ESTRELAS DESSE ESPETÁCULO!”

 

APOIO E PATROCÍNIO:
PREFEITURA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO, TE PEGUEI E FAST BALL.

 

1. Atrativos do evento
Evento a ser realizado numa das praias com paisagem mais linda do Brasil, com forte presença de público que não somente observa, mas também participa valorizando o atleta; proximidade de variados tipos de restaurantes, lojas e bancos e principalmente a PARTICIPAÇÃO DE ATLETAS RENOMADOS DO FRESCOBOL NACIONAL.

 

2. Organização
a. COORDENADOR DO EVENTO:
Edson da Silva (Edson Ilha)
b. COMISSÃO ORGANIZADORA:
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRESCOBOL – ABRAF
ANTONIO FERREIRA DA SILVA FILHO (Professor) – Presidente/Diretor Social;

EDSON DA SILVA (Edson Ilha) – Vice-Presidente;
TERESINHA SOUSA (Teresa) – Diretor Administrativo-Secretário;
MARCO AURÉLIO S DE OLIVEIRA (Jamaica) – Diretor Financeiro;
EDSON LUIZ CARDOSO (Bigu) – Diretor Técnico;
ROBÉRICO DA SILVA OLIVEIRA (Robérico) – Diretor de Eventos;
ELMO COSTA (Elmo) – Conselho Fiscal;

VALÉRIA GAUZ (Val) – Conselho Fiscal;
c. COORDENADORIA TÉCNICA:
Edson Luiz Cardoso (Bigu).
d. COMISSÃO DE ARBITRAGEM:
A Comissão de Arbitragem estará sob a reponsabilidade do Diretor Técnico da ABRAF: Edson Luiz Cardoso (Bigu).
Árbitros: a definir.
e. CONSULTORIA DE FRESCOBOL:
Elmo Costa (Elmo).
f. COBERTURA FOTOGRÁFICA, VIDEO E REPORTAGEM:
ABRAF.
g. LOCUTOR OFICIAL DO EVENTO:
Marcelo Salvini Fernandez.

 

3. Evento
a. Local do evento
Praia do Flamengo-RJ, altura do Castelinho.
b. As inscrições
As inscrições terão início no dia 20 de novembro de 2012 e terminam em 10 de dezembro de 2012 (ou quando do término das vagas oferecidas). Serão feitas através de 02 (dois) telefones celulares disponibilizados a seguir: (21) 8119-2275 Edson Ilha ou (21) 8172-9142 Professor, nas condições abaixo informadas. Não serão aceitas inscrições no dia do evento, mesmo em caso de desistência de alguma dupla, porém, a critério da Comissão Organizadora, poderá ser autorizada a substituição de um atleta da equipe por motivo de força maior, devidamente comprovado.
Valor por atleta:
R$ 50,00 + R$ 10,00 caso jogue duas categorias.
Procedimento:
1) Fazer contato telefônico ((21) 8119-2275 Edson Ilha ou (21) 8172-9142 Professor), a fim de solicitar a reserva da vaga e retirar dúvidas iniciais; em seguida informar os dados completos da equipe e disponibilizar um telefone para contato através do correio eletrônico abraf2012inscricao@hotmail.com. (ESSAS INFORMAÇÕES SÃO IMPORTANTES PARA QUE A ABRAF POSSA CRIAR UM CANAL DE COMUNICAÇÃO COM OS ATLETAS QUE IRÃO COMPETIR).
2) Efetuar um depósito bancário IDENTIFICADO na conta corrente nº 14671-7, Agência 8081, Banco Itaú, em nome da Associação Brasileira de Frescobol (ABRAF). Os depósitos deverão ser realizados até o dia 10 de dezembro de 2012 (prazo máximo), para que a equipe possa ser incluída no sorteio que será realizado na mesma data às 19:30 h. A inscrição dará direito a uma camiseta do evento, água, frutas e possibilidade
do atleta jogar em duas categorias, conforme sua opção de escolha informada por correio eletrônico.
c. Categorias de Trincas
São duas as categorias de trincas: Masculina e Mista (2 homens e 1 mulher ou 2 mulheres e 1 homem)
d. Vagas
QUADRO DE VAGAS:
SÁBADO (DISPUTA DAS SEMIFINAIS)
TRINCA MISTA
TRINCA MASCULINA
10 VAGAS
14 VAGAS
TOTAL DE JOGOS NA SEMIFINAL: 24 JOGOS
DOMINGO (DISPUTA DAS FINAIS)
TRINCA MISTA
TRINCA MASCULINA
06 VAGAS
08 VAGAS
TOTAL DE JOGOS NA FINAL: 14 JOGOS
Orientações sobre as apresentações
Sábado:
10 jogos da categoria trinca mista. (Classificam-se 6 trincas para a final).
14 jogos da categoria trinca masculina. (Classificam-se 8 trincas para a final).
Domingo:
06 jogos final trinca mista.
08 jogos final trinca masculina.
e. Ordem dos Jogos
Sábado: semifinal trinca mista, semifinal trinca masculina.
Domingo: final trinca mista, final trinca masculina.
f. Horário das apresentações
As apresentações terão início, IMPRETERIVELMENTE, às 09:00 horas, tanto nas semifinais (sábado), quanto nas finais (domingo). As trincas que não estiverem na quadra após 1 minuto do chamado dos árbitros estarão eliminadas do evento. Não haverá tolerância para atrasos em respeito ao público, aos demais atletas, patrocinadores e organização do evento.
g. Classificação para as finais
As finais ocorrerão no domingo. Estarão classificadas para essa etapa metade mais uma das trincas inscritas de cada categoria da semifinal, sendo a ordem dos jogos do domingo de acordo com a classificação obtida na semifinal.
h. Premiação
Troféus para as 03 primeiras trincas de cada categoria e medalhas para 4º e
5º lugares.
i. Regra ou Regulamento
A regra a ser utilizada será a da FEFERJ (com as devidas adaptações para o
julgamento da modalidade trinca) e está sendo anexada ao presente documento.
j. Congresso Técnico
Será realizado um Congresso técnico uma hora antes do inicio das
apresentações da etapa semifinal (08:00 horas, sábado, 19 de janeiro de 2013), no local
do evento, com entrega das camisetas e resposta às possíveis dúvidas e principalmente
sobre os critérios de avaliação.
k. Outros
1) Outras informações serão repassadas posteriormente a todos os atletas.
2) O atleta inscrito declara que:
- Está em perfeitas condições físicas e mentais para participar desta
competição, isentando os organizadores e patrocinadores deste evento de quaisquer
responsabilidades;
- Tem pleno conhecimento do regulamento utilizado;
- Cede o direito à exploração de sua imagem (fotos, filmes e declarações),
pela organização e patrocinador do evento, a título gratuito e a qualquer tempo;
Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora.
Mesmo em caso de chuva será realizado o evento.
Rio de Janeiro, 19 de novembro de 2012.
REALIZAÇÃO:
ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRESCOBOL – ABRAF
ANTONIO FERREIRA DA SILVA FILHO (Professor) – Presidente/Diretor Social;
EDSON DA SILVA (Edson Ilha) – Vice-Presidente;
TERESINHA SOUSA (Teresa) – Diretor Administrativo-Secretário;
MARCO AURÉLIO S DE OLIVEIRA (Jamaica) – Diretor Financeiro;
EDSON LUIZ CARDOSO (Bigu) – Diretor Técnico;
ROBÉRICO DA SILVA OLIVEIRA (Robérico) – Diretor de Eventos;
ELMO COSTA (Elmo) – Conselho Fiscal;

VALÉRIA GAUZ (Val) – Conselho Fiscal;
FEDERAÇÃO DE FRESCOBOL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO – FEFERJ
PAULO HENRIQUE MONTEZ DOS SANTOS (PH) – Presidente
ASSOCIAÇÃO MACAENSE DE FRESCOBOL – AMAFRE
MARCELO SALVINI FERNANDEZ (Marcelo) – Presidente

 

 

REGULAMENTO:

  

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE FRESCOBOL
FEDERAÇÃO DE FRESCOBOL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
ASSOCIAÇÃO MACAENSE DE FRESCOBOL

 

I TORNEIO-ENCONTRO DE TRINCAS – (ABRAF)
19 E 20 JANEIRO 2013
REGRAS PARA O EVENTO
Os atletas deverão jogar a uma distância mínima de 7 (sete) metros. Cada jogo terá a duração de 9 minutos de bola viva no ar, cronometrado pelo árbitro central (cada vez que houver uma interrupção da seqüência o cronômetro é pausado), com até um minuto de aquecimento e um minuto de descanso a ser definido pelos atletas, se julgarem necessário.
A avaliação de cada tinca será feita pela soma da nota dos 5 (cinco) quesitos, relacionados abaixo, encontrados nas tabelas de cada quesito:
1) Potência: o vigor/força com que são efetuados os ataques, sendo atribuída uma nota ao jogo, como um todo, pelo árbitro central; e uma nota a cada atleta, pelos árbitros técnicos, que julgam cada um dos jogadores. Essa nota varia de 0 (zero) a 5 (cinco), em intervalos de 0,5 ponto em cada planilha.
Após somar as notas de potência das 4 (quatro) planilhas (poderá variar de 0 (zero) a 20 (vinte) pontos), o atleta achará sua nota de POTÊNCIA na respectiva tabela.
Potência terá um peso máximo de 37 pontos na nota final.
A nota de POTÊNCIA não representa uma medida absoluta expressa em alguma grandeza adivinhatória, mas sim uma nota relativa aos outros jogos e aos outros atletas, identificando se os ataques dos atletas julgados foram mais, menos, ou tanto potentes quanto os ataques dos atletas que já tenham se apresentado nos jogos anteriores.
Assim, não é possível comparar as notas de potência de um atleta com as notas de potência de outras categorias ou com as notas de potência de outros eventos.
2) Ataques: soma das bolas realmente atacadas pelos três jogadores. Somente serão considerados ataques quando a bola voltar com mais intensidade de quando foi passada pelo parceiro, além do claro esforço e posicionamento do atleta ao bater na bola com potência e eficiência.
Não serão computados os ataques efetuados dentro da área delimitada pelos cones.
Só é considerado ataque, o lance que teve uma devolução respectiva da bola pelo parceiro, sem que haja interrupção da seqüência.
Após somar as notas de ataques das 3 (três) planilhas técnicas (poderá variar de 120 (centro e vinte) a 455 (quatrocentos e cinquenta e cinco) ataques), o atleta achará sua nota de ATAQUES na respectiva tabela.
Ataques terão um peso máximo de 25 (vinte e cinco) pontos na nota final.

3) Seqüências: é a nota da quantidade de vezes que a seqüência do jogo tenha sido interrompida, ou seja, quanto mais a bola cair no chão, menor a nota.
Verificada a quantidade de seqüências em qualquer das quatro planilhas, o atleta achará sua nota de SEQÜÊNCIAS na respectiva tabela.
Seqüências terão um peso máximo de 15 pontos na nota final.
4) Equilíbrio Progressivo: é a divisão da quantidade de ataques do jogador que menos atacou pela quantidade de ataques do jogador que mais atacou (limitando o resultado a 1 decimal), e o resultado multiplicado pela quantidade total de ataques; esse valor será usado para achar a nota de EQUILÍBRIO X ATAQUES na respectiva tabela.
Este quesito representa a necessidade de todos os jogadores buscarem atacar o número mais igual de bolas com a maior quantidade de ataques possível.
Equilíbrio terá um peso máximo de 10 pontos na nota final.
5) Destreza: mede a quantidade de bolas atacadas com potência, somando:
- até o máximo de 6 (seis) bolas de revés,
- até o máximo de 4 (quatro) martelos e
- até o máximo de 4 (quatro) ganchos acima da altura da cabeça do jogador, desde que não sejam bolas propositadamente forçadas (cantadas) artificialmente pelos jogadores com a finalidade única de marcar os pontos de destreza (neste caso não serão computadas).
Após somar a quantidade de destrezas das duas planilhas técnicas (que poderá variar de 0 (zero) a 42 (quarenta e dois) pontos), o atleta achará sua nota de DESTREZA na respectiva tabela.
Destreza terá um peso máximo de 13 pontos na nota final.
Da soma dos 5 (cinco) quesitos acima, será subtraída a soma das penalidades, atribuídas a critério do árbitro central, da seguinte forma:
0 % apenas advertência
5% cada penalidade leve (no máximo de duas) e
10% cada penalidade grave (no máximo de duas),
Para penalidade gravíssima, procede-se a expulsão do torneio.
Em penalidades gravíssimas ou graves, a Associação/Federação pode impedir a participação do atleta em outros torneios.
Uma seqüência será interrompida quando:
- a bola tocar o solo;
- a bola tocar no corpo do atleta;
- a bola sair da arena sem que o atleta consiga devolvê-la;
- terminar o tempo da apresentação;
- a bola tocar na raquete por mais de uma vez consecutiva (exceto o duplo toque não intencional)
Direitos e Deveres dos atletas:
a. Todos os atletas devem conhecer e obedecer a essas regras, devendo se comportar com respeito e educação com os árbitros, com os dirigentes, com a equipe adversária, com os companheiros de equipe e com os espectadores. Os atletas devem acatar as decisões da Equipe de Arbitragem, com espírito esportivo, evitando palavrões, irreverências ou gestos obscenos.
b. Todos os atletas assinando a ficha de inscrição dão direito à exploração de sua imagem (fotos, filmes e declarações) pela organização/patrocinador do evento a título gratuito, a qualquer tempo, além de assumirem a obrigação de conferir a totalização de suas notas assim que recebam as planilhas de seus jogos, tendo um prazo limite até o anúncio oficial das colocações apuradas pela organização, tanto nas eliminatórias quanto nas finais, após o que não haverá alteração dos resultados oficiais, mesmo que constatado erro posterior, não mais cabendo qualquer tipo de reclamação, bem como qualquer compensação de qualquer tipo aos atletas.
c. Todas as pessoas no interior da arena devem estar usando a camiseta e boné do evento, caso sejam fornecidos.
d. Todos os atletas devem estar usando equipamento e trajes próprios para a prática do frescobol.
e. Durante a partida é permitida a comunicação entre os atletas
f. Com o aval da Comissão de Arbitragem, solicitar a execução de música preferida (caso haja disponibilidade), ou solicitar a interrupção de músicas que venham atrapalhar a concentração na apresentação, desde que não haja restrições do organizador/patrocinador para isso e que as músicas não transgridam alguma disposição legal ou moral.
g. Solicitar a exclusão de alguma bola que não esteja em condição de jogo, dentre as bolas regulamentadas para o evento.
h. Trocar a raquete durante a apresentação
i. Solicitar o tempo de “descanso” conforme regulamento. Nesse intervalo, os atletas poderão beber água, não sendo permitido retirar o traje.
j. Consultar o Árbitro Central quanto ao tempo da apresentação
k. Solicitar uma cópia das planilhas ao final da apresentação
l. Lavar a raquete
m. Cumprimentar o companheiro após um lance difícil ou uma grande seqüência
n. Limpar o rosto
o. Antes da apresentação os atletas poderão praticar (aquecer) fora da arena, em local próximo ou indicado pela organização, onde possam ouvir a convocação para apresentação. Durante a apresentação que antecede a sua apresentação, os atletas deverão estar atentos aos informes do locutor e da equipe de arbitragem
p. Não será permitida a substituição do atleta durante a apresentação.
q. Não será permitido aos atletas mudarem deliberadamente as posições após o início da apresentação, exceto quando, durante a apresentação, a mesma ocorrer dentro de uma seqüência, devendo os atletas retornar a seus lugares iniciais após o término da seqüência em questão ou quando previamente acertado com a Comissão de Arbitragem.
- é permitido que o treinador da equipe substitua o distribuidor de bolas do evento, na apresentação da sua equipe. Caso não haja distribuidor de bolas, a própria dupla deverá buscar as bolas;
- uma dupla será considerada desistente nas seguintes situações:
a) quando não estiver na Área de Espera que compõe a Quadra de Apresentação, no momento em que o Árbitro Central anunciar e convidar a equipe a iniciar o tempo de aquecimento em quadra;
b) quando houver recusa em se apresentar, por parte de um ou mais atletas;
c) quando não se apresentar na hora marcada, antes do sorteio, sem justa causa;
Infrações e penalidades: Toda e qualquer ação contrária às regras, é considerada “INFRAÇÃO”. Cabe ao Árbitro Central, ouvindo os demais Árbitros, julgar as Infrações e determinar as respectivas penalidades. Penalidade é o tipo de punição imposta à equipe que praticar uma infração. As infrações praticadas pelo atleta refletem diretamente no resultado da equipe.
Infrações
Penalidade (***)
LEVE: Condutas antidesportivas – Não seguir a orientação do Árbitro Central. – discutir com o companheiro, dizer palavrões, jogar a raquete no chão em sinal de desagrado. Bem como todo ato, ação e conduta que venha a constranger ou agredir os companheiros, os árbitros, os organizadores ou o público
Consiste em descontar 5 % da nota final da equipe, para cada infração leve, avisando verbalmente o atleta infrator, convidando-o a não repetir a ação. Só serão admitidas duas Infrações leves por equipe, durante uma apresentação. A terceira advertência será considerada infração grave.
GRAVE: Conduta Grosseira – Atitudes que firam os princípios morais, éticos e de boa educação, desrespeito aos árbitros, adversários, organizadores ou ao público e reincidência de infrações leves por mais de 2 (duas) vezes.
Consiste em descontar 10 % da nota final da equipe, para cada infração grave avisando verbalmente o atleta infrator, convidando-o a não repetir a ação. Só serão admitidas duas infrações graves por equipe, durante a apresentação. A terceira será considerada infração gravíssima.
GRAVÍSSIMA: Conduta Ofensiva e Agressão – Palavras e gestos difamatórios, insultos, ataque físico, tentativa de agressão ao companheiro, aos árbitros, aos organizadores ou ao público – Arremessar bola ou raquete, fazer gestos obscenos, ou:
- Quando a equipe não se apresentar na hora marcada, antes do sorteio, sem justa causa. Caso a equipe não se apresente na Arena Principal quando chamada, será dado início a 1 minuto de aquecimento. Caso a equipe chegue quando acabar este minuto será dado o início a apresentação. Chegando após o min. de aquecimento a equipe será DESCLASSIFICADA.
- Quando houver recusa em se apresentar, por parte de um ou mais atletas
- Quando houver reincidência de infrações graves por mais de 2 (duas) vezes. .
(***) As penalidades podem ser aplicadas a qualquer momento, durante todo o campeonato, não apenas durante a apresentação. Caso seja aplicada fora da apresentação a penalidade será aplicada para todas as equipes que o atleta integrar na competição.
Atenciosamente
ABRAF / FEFERJ / AMAFRE